Problemas que o treinamento da sua equipe podem resolver

Alta rotatividade de colaboradores, baixa produtividade, reclamações recorrentes de clientes e aumento das despesas. Seu negócio está sofrendo algum desses problemas? Ou quem sabe até com vários deles? Calma! Você não está sozinho! Essas são queixas frequentes de muitos de nossos clientes. Inclusive às vezes se agravam ao ponto de os gestores acabarem por reduzir o quadro de funcionários e o investimento nas pessoas. Mas será que isso realmente resolve o problema? Você sabia que uma equipe despreparada é muitas vezes a raiz desses sintomas ruins nas empresas? Isso porque a falta de treinamento continuado frequentemente acelera os problemas empresariais.
E, por isso, acreditamos que é preciso haver uma atenção constante no desenvolvimento dos colaboradores garantindo uma equipe forte e preparada para contribuir na superação dessas dificuldades.

Neste artigo, gostaríamos de ajudar você a perceber o quanto os treinamentos podem ser uma solução para muitas complicações corporativas e lembramos que com treinamentos adequados sua equipe se tornará uma aliada no impulsionamento do seu negócio.

Veja abaixo alguns sintomas e como os treinamentos podem ser uma solução.

Colaboradores desmotivados
Para a desmotivação ou falta de engajamento, normalmente a solução que se apresenta é a premiação ou valorização financeira do trabalho dos funcionários. Nossa experiência diz que esta medida pode até ter um efeito momentâneo a curto prazo. Mas se não for uma ação bem estudada, transparente e estruturada para atender um projeto a longo prazo, tende a ser mais uma frustração para a equipe.

Os treinamentos podem ser eficazes para que a equipe entenda qual é o propósito da organização. Ao compreenderem o propósito da empresa, os funcionários entendem a razão de executarem as atividades, sejam elas simples ou de grande complexidade e importância.

Baixa produtividade

Muitas vezes os gestores cobram produtividade de seus funcionários, mas não compreendem o motivo para eles demorarem tanto para a execução de tarefas que julgam ser simples. O líder fiscaliza, aumenta a cobrança, mas a produtividade não vem. São nestes momentos em que há as rupturas pelo desgaste entre a equipe. Pode ser que este gestor já ocupou aquele espaço do colaborador por algum tempo no passado, e teve um prazo para adquirir habilidades e conhecimento para a execução. 

Neste caso, falta ao líder perceber que se não houver uma dedicação ao desenvolvimento dos seus funcionários dificilmente haverá performance que agrade. É preciso consolidar procedimentos, métodos e rotinas específicas para cada processo e pessoa. Ao ter certeza que a equipe entende e sabe como executar, aí sim o gestor poderá cobrar por resultados.

Reclamações recorrentes de clientes

Quando há reclamações sobre sobre seu produto ou serviço, já vimos muitas organizações adotarem duas medidas erradas. A primeira procura justificar a insatisfação do cliente culpando o próprio cliente. Isto é, diz  que o cliente estava com expectativa errada, que exigia-se a mais do que a empresa poderia entregar, que o cliente não compreendeu a prestação do serviço ou não utilizou o produto corretamente. A segunda é simplesmente eleger um culpado, puni-lo ou efetuar a troca do colaborador.

Nenhuma das ações irá resolver o problema. A medida mais eficaz é capacitar seu colaborador para atingir os padrões que o cliente espera. Os treinamentos eficazes para esta finalidade devem instigar o colaborador a ter uma busca pela excelência, bem como desenvolver a autoaprendizagem contínua.

Aumento das despesas

Toda empresa deseja produzir mais e com qualidade ao menor custo possível. O problema maior é quando há um custo maior sem ganhos em quantidade ou qualidade do serviço ou produtos. A razão para esta desproporção pode ser a ausência de treinamentos eficazes. Contratar uma capacitação para sua equipe é fundamental para a atualização dos conhecimentos para que otimizem os recursos para a produtividade. Através de treinamentos eficazes, é possível enxugar os custos, bem como  reposicionar a competitividade da empresa no mercado em que atua.

Para finalizar, precisamos ressaltar a importância da prática e da constância da prática do que se aprende nas capacitações. Saber como fazer e deixar de fazer é o mesmo que não saber. Isso significa que é preciso colocar à prova os conhecimentos adquiridos e incorporar hábitos que irão transformar a cultura da organização. Assim realmente obtendo os melhores resultados dos treinamentos.

Se você quer entender mais como os treinamentos podem ajudar seu negócio, entre em contato com a gente. Teremos prazer em ajudar você!

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on Facebook
Share on twitter
Share on Twitter
Share on linkedin
Share on Linkdin
Share on pinterest
Share on Pinterest

Deixe um comentário

Arquivos de Posts
Open chat