‘’Vendo, mas não lucro’’, o que devo fazer?

Todo gestor deseja que sua organização obtenha o maior número de vendas possível. Entretanto, mesmo quando o objetivo de vendas é alcançado, ainda assim é comum observar muitas empresas com a margem de lucro abaixo do esperado. 

Diante dessa situação, você sabe o que deve ser feito? Há alguma estratégia a se considerar? É isso que será abordado neste artigo. Se você deseja obter mais lucratividade em sua organização, siga comigo até o final!

Vendas e lucratividade

Em toda organização é necessário entender que vender nem sempre é sinônimo de lucrar. O número de vendas não é diretamente proporcional ao lucro de uma empresa. 

Considera-se lucro o valor da receita com todas as despesas subtraídas.  Lucro é o valor que sobra, quando são retiradas todas as despesas da empresa. 

A lucratividade é resultado de uma administração bem sucedida, e não somente de um bom número de vendas. Quando se realiza um planejamento financeiro eficaz, maiores serão as chances de uma empresa ter melhor lucratividade. 

Se você chegou até aqui, é porque tem interesse em tornar a sua organização mais lucrativa e otimizar os seus processos. Vamos adiante. 

Abaixo, veremos alguns fatores que podem interferir nos lucros de uma empresa. 

Motivos que atrapalham a empresa de lucrar 

  1. Necessidade de controle financeiro 

Quando uma determinada empresa apresenta lucratividade baixa mesmo em meio a um bom número de vendas, o controle financeiro faz-se necessário. 

Por meio dele,  é possível conhecer em detalhes a necessidade da empresa e saber se o faturamento é suficiente para cobrir os gastos. 

O cálculo do controle financeiro conduz a empresa a posicionar-se de forma decisiva em questões corriqueiras, como por exemplo, reduzir gastos desnecessários, reduzir retiradas de dinheiro por parte de sócios e aprimorar a precificação. 

Um bom início para o controle financeiro é determinar o ponto de equilíbrio. O ponto de equilíbrio indica a saúde financeira de um negócio. Esse indicador é considerado satisfatório quando as receitas se igualam às despesas. Dessa forma, calcular o ponto de equilíbrio irá reduzir as chances de prejuízo de sua empresa. 

Vale destacar que, para permanecer financeiramente saudável, os valores que entram no caixa de uma empresa devem sempre ser superiores ao ponto de equilíbrio. 

  1. Vendas a prazo

Outra razão que interfere grandemente nos lucros de uma empresa é vender a prazo. Atualmente, as vendas a prazo ganham mais destaque e são cada vez mais comuns. Por isso, é necessário observar atentamente as contas a receber. 

Com os valores a prazo, ainda que as vendas de um período tenham sido excelentes, os valores só serão recebidos posteriormente, conforme a condição de parcelamento. 

Com isso, a empresa pode ter um bom número de vendas, mas ainda assim ter resultados negativos. 

Desta forma, é indicado realizar um controle cuidadoso das vendas realizadas a prazo de sua empresa.

  1. Falta de controle de estoque 

Um controle de estoque eficaz garante o número certo de mercadorias disponíveis. Além disso, protege a empresa de possíveis riscos e perdas. Por isso, é preciso acompanhar o valor do estoque. 

As chances de prejuízo serão maiores se a compra de fornecedores for superior à quantidade de vendas. 

Portanto, são esses os fatores que interferem na lucratividade de uma organização. 

Se você acha que a sua empresa não obtém um bom lucro, considere implantar uma organização de processos que forneça uma visão completa do negócio. A modelagem de processos BPM garante uma excelente gestão e pode gerar mais lucros e crescimento para uma empresa. 

Para conhecer mais sobre esse método, acompanhe outros artigos em nosso blog e também nosso canal no YouTube. 

Até a próxima!

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on Facebook
Share on twitter
Share on Twitter
Share on linkedin
Share on Linkdin
Share on pinterest
Share on Pinterest

Deixe um comentário

Arquivos de Posts
Open chat